Amanhã é dia

Amanhã vou fazer a RM dos 6 meses pós-surto. Ela dirá-me como está o nível de inflamação no meu cérebro. Estou expectante.

Não estou a 100% mas não quero dizer que ‘não fiquei a 100%’. Tenho esperança que o resto possa voltar ao lugar ao mesmo tempo que tento estar tranquila com a ideia de que tal pode não acontecer.

O meu lado direito não está a 100% e não é falta de força. É mesmo a informação que ora não chega ao pé, ora não chega aos dedos da mão. O desiquílibrio permanece, menos é certo, mas andar a pé na rua ainda é um desafio e se estiver mais cansada lá pareço que estou com os copos, agarrada às paredes de casa.

A isto soma-se as dormências. Chegam sem aviso assim como vão. Ponta dos dedos, boca, bochecha. Quando acontece fico em alerta mas também já percebi que muitas vezes é só o corpo a pedir-me que pare e descanse. E depois passa.

Não sou médica e não gosto de dramatizar a EM na minha vida mas tudo isto leva-me a pensar que alguma actividade inflamatória tenho. Deixa-me triste? Deixa-me preocupada.

Julgo que tenho feito de tudo para não aborrecer esta minha nova amiga mas estes sinais dizem-me o contrário. Quem sabe preciso de ter ainda mais cuidado com o que como, com o que bebo. Quem sabe preciso de ter ainda mais cuidado com os meus tempos de descanso. Com o que faço nos meus dias.

Cedo compreendi que a vida tal como eu a conhecia não voltaria a ser mas ainda assim há momentos que me esqueço. E não posso. Preciso concentrar forças nas poucas coisas que eu posso controlar nesta doença. E por isso preciso concentrar forças no que vai ser a minha vida a partir daqui.

Há um momento em que terei de parar de esperar pela recuperação e seguir em frente. Começar de novo e escolher o caminho. Marquei comigo mesma em como amanhã será o dia. Não terei os resultados da RM imediatamente mas também sei que se a coisa estiver grave não sairei do hospital assim do pé para a mão.

Por isso, amanhã quando sair, é altura de recomeçar, esteja eu como estiver. Tudo o que preciso fazer é adaptar a minha vida à minha condição. E estou determinada a fazê-lo.

Seja lá onde isso me levar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s