Aprender a viver com o que temos

Tenho sido uma sortuda em todo este processo, não me canso de dizer. Desde o momento em que estive internada até hoje, com todas as dificuldades que esta doença nos dá, o meu caminho tem sido tranquilo e  cheio de coisas boas. Sou muito grata por isso.

Mas mesmo grata há dias que não são tão fáceis. Há dias em que a doença toma mais conta de mim do que eu gostaria. Dias em que penso demasiado nela e pouco em mim.

Suponho que faça parte.

A 20 deste mês faz 6 meses do meu surto. O tempo que os médicos indicaram como sendo de recuperação. De grosso modo, eles acham que o que resta de sintomas ao fim desse tempo são mazelas que ficam.

Eu tenho mazelas mas quero muito acreditar que elas não ficam.

Entretanto estão cá. A minha perna direita não mexe como antes, a andar na rua sinto o desiquilíbrio, a força que ela não tem. Os momentos em que o cérebro deixa de conseguir comunicar com ela.

Não faço ideia se é notório para os outros e nem é isso que me preocupa, eu sinto que é diferente. E onde noto mais é quando pratico Yoga… não consigo evitar, por vezes fico mesmo triste.

Quero muito ocupar a mente com aquilo que passei a conseguir fazer, desde voltar a andar sozinha a tomar banho de pé, a escrever. Mas tem dias que é mais forte do que eu. Tento não me culpar. Mesmo alguém sem doença tem dias que se sente frustrado por algum objectivo que não está a conseguir atingir, certo? Tento pensar que por aqui é igual.

Uma coisa é certa para mim, tudo passa. Tudo. Mesmo que a minha perna nunca mais volte a ser o que era, eu vou habituar-me e quando der conta, já não fará diferença. Porque o ser humano tem esta capacidade maravilhosa de se adaptar. E quando se adapta, olha para trás e vê que que tudo passa. Que o que era menos bom é agora bom.

Tudo passa. Também isto passará.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s